Total de visualizações de página

quinta-feira, 3 de abril de 2014

DE TRÁS PRA FRENTE

Gosto quando te leio
no fim ou no meio
Gosto quando te danço
te cheiro
te tranço.

Gosto dos seus olhos
pra mim ou para o mundo
de tanto te olhar
Gosto do seu gosto
profundo.

Gosto do seu sorriso
gargalhado,
também aquele seu meio de lado
ou a mim direcionado
Gosto do desconcertado.

Gosto desse seu cheiro
de sua indelével fragrância
Gosto desse seu jeito
sua quase despercebida
suave
elegância

Gosto quando te leio
no fim ou no princípio.
Voltar as páginas
da sua poesia
pra te ler
novamente
desde o início.

Nenhum comentário:

Postar um comentário