Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

Fazendo Pensar

Imagem
A vida sempre me presenteia dentro de uma caixa escura, com laços coloridos e sem sentido, teria me dito?
A vida sempre me corta a régua toda vez que penso em medir, me tira as vendas toda vez que quero cegar, me abraça quando penso em correr, me empurra quando quero estacionar.
Ela me manobra quando acho que o melhor é parar, e me freia quando tento voar.
Vem mesmo com uma embriagues de sorriso e pulsão do novo toda vez que abro os olhos e penso no dia que renasce gostoso e leve pelas frestas da janela escura do meu quarto.
É uma vontade que se perde na vontade do mundo, é estranho percebe-se sem controle de qualquer coisa, embora ache, dentro de seu ser, um controle de sua vida, um peso,um tamanho, uma forma. Mas tão disforme é tudo isso,
Tão obscuro o gosto do sorriso
É leve o pesar do pulmão do mundo que respira por si,que te traga todo dia num prazer de que só quem traga tem e te assopra lentamente para o novos despertares,olhares,entregas e pensamentos sortidos no corta luz do jogo da…

Feira de minha vida

Imagem
Na feira da minha vida se vendia de tudo
Tinha de arroz a sabugo
Peixe bonito,frutas assustadas e carne com medo de ser assada

Na feira da minha vida se vendia ate gente
Nas vitrines da moda os produtos sorriam
Meio sem vida,meio sem graça,há desgraça

Na feira da minha vida se trocava de tudo
De relógios a ventiladores de calor humano
Trocava-se sapato por pano
Ônus por bônus

A feira da minha vida não tinha dia certo
É bem dentro do incerto que tudo se fazia
As barracas se montavam rapidamente
Um amontoado de gente trocando de tudo
Era prosa por poesia desnuda
Era cabelo por perna nua
Era pedaços de sol por fragmentos de lua

Tudo que imunda,afunda
Na feira da minha vida não tinha regra
Não tinha lei e nem espera
Era querer e fazer
Tem rolo?

Rodo?
Vassoura serve?
Quebra o galho,tem sabão?
Tem cloro com azeite,serve não?
Ta na mão

tem troco?
Depende do desenrolo
Que rolo?
Esquece o pão
Com desconto?
Ta feito

Heita feira boa

(Com Lembranças da Feira de Areia Branca,Belford Roxo- Rio de Janeiro)

Eu e meu coração?!

Imagem
(trilha Tucuns-Buzios-RJ)
==========================
Sem noção, sem tempo, contextualizado, emocionado, precavido, mordido, sorridente, alegre, inesperado, aguardado, adjetivo, esse é o meu coração.
Assombrado, inesperado, tolo, forte e impulsivo, esse é o meu coração decidido.
Beijo a lua e acaricio o tempo frio que toca meu intimo nos momentos de reflexão,
É tempo de vida, de aguardar sem dor, de executar sem temer, de planejar o inesperado, de desfazer planos árduos, de ser o q se é , de expressar-se não só pela fé, mas pelo que se é.
É ver a vida como uma continuação, é trocar o sim angustiado pelo não acalentado, e o amar reticências desta e ver nas interrogações das esquinas do flerte, exclamações de certeza e leveza.Deixo a musica que por mim fala, tocar todo meu ser, sorrir, chorar, tremer...
Deixo o cheiro da tua lembrança que vem no ar, nesse perfume doce me beijar,deixo seus cabelos sentirem saudade dos meus dedos, e sua face doce brincar com a minha no sereno úbere da madrugada …