Total de visualizações de página

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Catarse

Dançava colado
corpo no corpo
suor no suor.
Dançava tão grudado
como dois ,
-um só-

Dançava tão rosto
no rosto
à passos colados
coração com coração
naquele peito
-zabumba-
ritmia de baião.

Dançava com tanto sorriso,
tanta sincronia
Cigana
saia rodada,
Tons
em sintonia.

Dançava
em noite de alegria
ate os primeiros
raios
do novo dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário