Total de visualizações de página

sábado, 6 de outubro de 2012

DIAS-NAO-DIAS

Tem dias em que aquela energia que arrepia não vem,
Essa mesma que te faz sentir vivo,
Tem dias que ela não aparece não.
São também nesses dias que sem esse tremor na pele
a vida parece mais cansada sem o arrepio pela derme.
Os olhos ficam buscando uma inspiração
Os dedos involuntários, brincam sozinhos
O pensamento um caminhão de ideias
Um monte de coisa cortando a matéria

Tem dias amigo , que o que você sente é um nada
uma camisa ao avesso, um grito de eco do morro
quieto esperando um som diferente no voltar

Tem dias amigo
que nem parece dia.
Porque não teve sol
não teve alegria.
Não teve dança
só angustia e Melancolia

tem dias que não são dias
porque não teve Magia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário