--Luando na Janela--



A Lua chicoteia e reluz essa prateada beleza no mar,
Escuro ele recebe calado, tão belo fica as águas desse mar.
A lua conversa com as águas no recanto calmo do lado de cá
A noite é sempre tão bela no verão de acordes a pestanejar.
Como em um quadro pintado em janela me deito a admirar.
No Balneário de sonhos e encanto
Calor,silêncio e o mar.

Comentários

  1. Meio confissão,meio Borges, meio Dali... um cadinho aqui e outro acolá. Um poema estranho, mas por isso mesmo interessante!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Meu Gato BIKE

Quando voce pensa que ja te aconteceu de tudo...